Minha viagem para Islândia – Conhecendo Reykjavík

Posted in Viagens by
Hallgrímskirkja
Booking.com

Se você me acompanha nas redes sociais, viu que eu fiz uma viagem mágica para Islândia, nesse post eu vou contar um pouco do que fiz por lá, e o roteiro que eu segui.

Porquê a Islândia?

Meu marido trabalha como Front-end JavaScript (JS) developer, e em fevereiro rolou a JSConf, conferência que reúne algumas das melhores ideias e boas práticas dessa linguagem de programação, e como ele ia, decidimos que eu iria também e assim faríamos algumas coisas juntos na Islândia.

Sem falar que eu poderia ir para as festas depois das palestras e quem sou eu, para dispensar bebida e comida de graça?

Então partimos!

Comida e Bebida de graça na Islândia

Sim, esse gif me representa 🙂

Roteiro

A Islândia é uma ilha localizada no Atlântico Norte e podemos considerar que seja pequena, já que muita gente faz uma viagem para conhecer o país em até 11 dias, e é bem possível.

Fiquei lá 5 dias, contando com a chegada ao país, porém desses 5 dias, 2 seriam para o congresso, que ocorreria na capital Reykjavík. 

Nosso vôo para Reykjavík sairia de Amsterdã as 10:00 da manhã, porém tivemos alguns problemas, como troca de portão, além de um passageiro que despachou as malas porém não embarcou e por questão de segurança tivemos que esperar para a segurança tirar a mala dele do porão, depois de 30 minutos, recebemos novamente um aviso, de que a mala foi encontrada porém como estava nevando – Sim, em pleno fevereiro em Amsterdã, estava nevando – teríamos que esperar limpar as asas do avião, Ok! Mais uma hora, então depois de uma hora e meia de atraso, eu quase desistindo de ir, porque depois de tudo isso, só podia ter alguma zica, mas não teve o avião decolou normalmente.

E quando decolou eu por dentro estava assim.

E deu tudo certo.

Transporte

O transporte em Reykjavík e em toda a Islândia não é um dos melhores, e como planejamos fazer viagens para o interior, achamos a melhor escolha alugar um carro.

Depois de muitas pesquisas, decidi alugar um Chevrolet Spark na empresa Flizzr, o que se provou bastante econômico.

Ao chegar no aeroporto a primeira coisa a se fazer foi buscar o carro, preste atenção onde tem o nome de Bus Shuffle, isso é um ônibus que te leva até a sede da empresa, basta subir(é gratuito), prestar atenção a um cartaz fixado no ônibus mostrando qual a parada da sua locadora, e descer lá.

Então pegamos o ônibus e fomos até a locadora pegar o carro, tudo muito tranquilo.

Caso você deseje ir de ônibus do aeroporto para a cidade tem um ônibus especial chamado Airport Express, nos valores de ISK 2.300 só ida e ISK 3.900 ida e volta.

Hospedagem

Fiquei hospedada em uma Guest House, uma categoria de hospedagem bastante comum na Islândia, porém cuidado com aquelas que tem a nota muito baixa no Booking.com.

Fiquei hospedada em um que só prestaria mesmo para passar uma noite o nome é: Travel Inn

A Capital

Passei os dois primeiros dias visitando a capital islandesa de nome Reykjavík, a cidade é bem pequena, mas muito bonita, e você consegue visitá-la toda em no máximo 6 horas.

Dica: Passar no Centro de Turismo e pegar um livreto com as informações da cidade, vale a pena.

Abaixo o mapa mostrando os lugares por onde eu visitei, saindo do meu hotel, Travel Inn.

Hallgrímskirjka

Minha primeira parada foi a igreja de Hallgrímskirjka.

Hallgrímskirkja

Hallgrímskirkja

A igreja é o prédio mais alto da capital e pode ser vista de quase toda a cidade, e também oferece uma vista privilegiada, não deixe de subir a torre, o custo é de ISK 1000, para adultos e ISK 100 para crianças de 7 a 16 anos.

Horário de funcionamento da Torre

Inverno(Outubro-Abril): 09:00 – 17:00. Torre fecha as 16:30.

Verão(Maio – Setembro): 09:00 – 21:00. Torre fecha as 20:30

A torre é fechada aos domingos de 10:30 – 12:15, durante a missa de 11:00

Atenção: A igreja está em pleno funcionamento então ela pode estar fechada em algumas ocasiões, especialmente em casamentos e funerais.

Prefeitura de Reykjavík

Saindo da igreja atravessei pelo centro da Cidade e cheguei no prédio da prefeitura de Reykjavík, ela é aberta a visitação pública e também é lá que está o centro de atendimento ao turista.

Landnámssýningin/The Settlement Exhibition

Saindo da prefeitura tentei ir ao Parlamento mas estava fechado para visitação, como eu estava na área aproveitei e fui ver a exibição que conta a história dos colonos na Islândia e recomendo muito, ela conta a história de como os colonos chegaram e construíram o país, as casas que tinham que ser feitas para serem protegidas de uma possível erupção vulcânica. A entrada custa ISK 1650 para adultos e é gratuita para pessoas de 0 a 17 anos.

Horário de funcionamento

Diariamente de 09:00 as 18:00.

Harpa

Saindo da exposição andei através do antigo centro até o centro de eventos mais famoso da cidade a Harpa.

A Harpa tem diversas exposições, congressos e eventos, além de um restaurante, e cinema.

Harpa - Islândia

Harpa vista de frente

Sem falar da vista que ela proporciona

Vista Harpa

Vista do segundo andar da harpa

O viajante do sol

Depois de visitar a Harpa, andei pela costa e fui parar na escultura viking chamada de O viajante do Sol ou em inglês The Sun Voyager.

The Sun Voyager

O viajante do Sol

A escultura simboliza o antigo culto dos vikings pelo sol, é importante visitar quando o sol está se pondo.

Bem, por enquanto foi isso, espero que tenha gostado do meu passeio pela capital da Islândia e até o próximo post.

Ah, me segue nas redes sociais.

Redes socias

 

 

 

 

 

Previous Post Next Post

Leave a Reply

Você também pode gostar