Como funciona o visto de trabalho em Londres – TIER 2

Posted in História by
trabalho em londres visto de trabalho tier 2

Hoje vou falar como funciona o processo de visto de trabalho em Londres.

Como não tenho nenhuma cidadania além da brasileira preciso do visto para viver e trabalhar em Londres.

Primeiramente uma coisa que você deve ter em mente é: você vai precisar do resultado do seu exame de proeficiência em inglês (IELTS), então se não tem, é importante já começar a pensar em fazer.

Em UK para ter visto de trabalho sua profissão precisa estar na lista de empregos em falta em UK, vocÊ pode verificar a lista aqui

Como funciona o processo de visto de trabalho:

1. A empresa em que você vai trabalhar dá entrada no certificado de Sponsorship (CoS) junto ao governo inglês.

2. Após aprovação, a empresa te envia o CoS por e-mail,

3. Com o código do CoS em mãos, você inicia o processo de solicitação do visto de trabalho, através do site do governo, depois de preencher todo o formulário você vai ser direcionado para página de pagamento das taxas e agendamento na empresa de coleta de documentos e digitais(TLS)

4. Depois que você levar a documentação no lugar indicado, basta esperar o governo de UK responder, o prazo oficial são de três semanas, mas dependendo da demanda pode demorar mais.

Você pode conferir aqui o tempo médio em que as solicitações estão sendo atendidas.

5. Quando sai o resultado, você recebe um e-mail para buscar seu passaporte com a resposta, negativa ou positiva, mas a resposta você só vai saber quando pegar o passaporte.

Como foi meu processo de visto

Como eu estava na Holanda e o meu visto é de dependente, só quem precisou fazer o IELTS foi o Mozart.

Assim com o resultado dele aplicamos para o visto, levamos ao TLS de Amsterdam e como tínhamos pago uma taxa de urgência levou cinco dias para devolverem nosso passaporte.

Com o sticker que autorizava nossa mudança que seria só dali a 15 dias, a história completa eu contei aqui.

No aeroporto de Londres foi bem tranquilo, na imigração o agente só olhou os passaportes com o sticker, fez algumas perguntas básicas para checar as informações, como a empresa que o Mozart iria trabalhar, lugar que a gente ia ficar e tal, foi bem tranquilo.

É basicamente esse o processo, caso tenha alguma dúvida coloca aqui nos comentários.

 

Me encontre também nas redes sociais.

mundoporkely facebook visto de trabalho

Instagram @mundoporkely visto de trabalho

Previous Post

1 Comment

  • Reply Samara

    Oi Kely!!!
    No meu caso, aplicamos o visto do Brasil! Acho q uma das coisas q foi diferente e q eu não encontrei falando no site, foi que eu como dependente, só poderia vir p o uk em um tempo determinado.
    Dps q eu apliquei pro visto no Brasil, eu só poderia entrar no UK dps de 3 meses. Dps desse período eu tinha um mês p vir p CA.
    No meu caso, entrei com o visto em setembro, então eu só poderia entrar no UK em dezembro (3 meses dps de entrar com o processo) e eu só tinha até janeiro (1 mês) p vir….se passasse desse prazo eu perdia meu visto.

    Acho legal compartilhar isso, pq na hora q fui entrar com meu visto a 1ª vez eu não sabia disso! Perdi uma viagem p SP.

    11 de julho de 2019 at 17:53
  • Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Você também pode gostar